Bebbiano, o corvo do sistema G

Foto: Reprodução

Por Fred Lima

As interferências dos filhos do presidente da República Jair Bolsonaro (PLS) no governo precisam acabar urgentemente para o bom andamento das reformas no Congresso Nacional. Só que uma coisa é inconveniência, outra é traição pública.

Tudo indica que o ex-ministro Gustavo Bebbiano era o informante das Organizações Globo dentro do Palácio do Planalto. O ato de ter vazado os áudios das conversas informais que teve com o chefe da nação demonstra que ele não estava bem-intencionado.

Com o fim do monopólio da informação, a Globo perdeu o poder de influência que mantinha outrora na sociedade brasileira. Agora, com o enfraquecimento, os líderes da emissora tentam correr atrás do prejuízo e buscam se aproximar do governo do presidente, mesmo fazendo campanha contra. Para isso, necessitam domesticar corvos que procuram os seus próprios interesses, não os do país.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.