VALPARAÍSO: Pábio é Lêda e Lêda é Pábio?

Por Fred Lima

Com 2020 logo ali, as eleições municipais já começam a ser trabalhadas nos bastidores das cidades do entorno. Em Valparaíso de Goiás, apesar de ambos negarem oficialmente, o prefeito Pábio Mossoró e a deputada estadual Lêda Borges podem caminhar separados no pleito do ano que vem.

Pábio trabalha para ficar mais quatro anos à frente da prefeitura, enquanto Lêda ensaia uma possível candidatura ao Executivo municipal. O problema é que os dois são do PSDB. Nesse caso, para não haver um racha interno, os tucanos podem lançar uma chapa puro sangue, com Lêda na cabeça e Pábio como vice.

O Blog do Fred Lima conversou com alguns integrantes do grupo da ex-prefeita, que pediram anonimato. O medo maior é perder a prefeitura em uma conjuntura desfavorável no estado, com Ronaldo Caiado (DEM) no Palácio das Esmeraldas. Como em Valparaíso não há tradição em reeleger prefeitos, os lêdistas estão temerosos de que a população demita Mossoró, mesmo diante da ausência de um opositor consistente.  

Já o grupo de Pábio acredita que ele conseguirá quebrar o ciclo de derrotas impostas a todos os prefeitos que saíram para a reeleição na cidade. Apesar de ter herdado uma prefeitura quebrada, o tucano conseguiu implementar projetos importantes, como a Guarda Municipal.

Entre bicadas e sacudidelas, o ninho tucano valparaisense por enquanto permanece inteiro. Resta saber se continuará abrigando todas as aves de rapina do município até o início do próximo ano.  

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.