Feminicídio em alta: homem mata ex no Paranoá com facada no coração

Crime tenha sido motivado por ciúmes após suspeito saber que Lilian teria dormido com o namorado na noite anterior

Na manhã desta quinta-feira (12), foi registrado mais um crime de feminicídio no Distrito Federal. Lilian Cristina da Silva Nunes, de 25 anos, foi morta após sofrer um golpe de faca que atingiu o coração.

O crime aconteceu no Núcleo Colombo Cerqueira, no Paranoá. O suspeito é o ex-marido, que, apesar de separado, morava com Lilian no mesmo lote. Ele teria se enfurecido após saber que a vítima dormiu com um companheiro na noite anterior e, pela manhã, iniciou uma discussão antes de golpeá-la.

Não se sabe quantas facadas Lilian sofreu, mas uma delas atingiu o coração. A vítima foi levada ao Hospital Regional do Paranoá (HRPa). Apesar de ter sido socorrida, Lilian não resistiu aos ferimentos.

O suspeito tem passagem pela polícia. Já ficou preso por cerca de sete anos pelo crime de roubo. Em depoimento, ele afirmou que conheceu Lilian durante um “saidão”. Após idas e vindas, os dois haviam brigado e terminado o relacionamento há cerca de 15 dias. 

Feminicídios

Com a morte de Lilian, já são contabilizados, pelo menos, 20 feminicídios em 2019 no Distrito Federal. (JBr)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.