PMDF lança campanha de identificação infantil no Carnaval “Faça a carteirinha do seu filho (a)”

Com a chegada do carnaval, aumenta a preocupação da Polícia Militar com a segurança do cidadão. Isso porque os foliões se distraem mais, bebem mais e ficam mais vulneráveis a pessoas mal intencionadas. Segue algumas dicas para a identificação dos pequenos foliões no carnaval, além de segurança e autoproteção para que você possa aproveitar com alegria e sabedoria esses dias de festas.

Identificação Infantil e dicas para cuidado com as crianças:

A Polícia Militar do Distrito Federal deu início, nesta segunda-feira (17), à Campanha de Identificação Infantil para o carnaval 2020, que se estenderá até o último dia de festejo. Com o objetivo de evitar o desaparecimento dos pequenos foliões, a PMDF disponibiliza em seu site oficial o crachá de identificação. O processo é fácil e rápido e pode ser feito em três etapas.

Primeiro: Acesse o link e preencha corretamente os dados;

Clique aqui para fazer e imprimir o crachá da criança.

Segundo: Escolha uma foto e insira no campo indicado;

Terceiro: Imprima o arquivo gerado. Para quem não possui impressora, os postos do Na Hora farão a impressão dos crachás.

A PMDF também vai realizar a distribuição de pulseiras de identificação infantil em postos montados nos blocos carnavalescos.

A ação é uma parceria da Polícia Militar do Distrito Federal com o Conselho Tutelar, Secretaria de Justiça e Secretaria de Segurança Pública.

A pulseirinha, um dos métodos mais utilizados pelo público nos últimos carnavais, facilita a identificação infantil por ser melhor fixada, dificultando a perda. A pulseira será entregue e preenchida por policiais nos postos de identificação dos principais bloquinhos públicos durante o carnaval.

 – Oriente a criança nunca aceitar alimentos ou bebidas de pessoas estranhas;

– Jamais aceite convites de desconhecidos;

– Fique sempre perto dos seus pais ou responsáveis;

– Sempre combine um ponto de encontro com os responsáveis;

– Caso se perca de seus pais ou responsáveis, procure um Policial Militar imediatamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.