Foto: Reprodução

Bolsonaro nomeia novo diretor-geral da Polícia Federal

Rolando Alexandre de Souza, que era secretário na Abin, assume cargo. Escolhido é visto com ‘braço direito’ de Ramagem, que teve indicação barrada no STF

O presidente Jair Bolsonaro nomeou o novo diretor-geral da Polícia Federal. Trata-se de Rolando Alexandre de Souza, que era até hoje secretário de Planejamento e Gestão da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). A nomeação saiu em edição extra do Diário Oficial da União na manhã desta segunda-feira, 4.

Bolsonaro afirmou no domingo 3 que nomearia novo diretor da corporação hoje. A escolha surge após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre Moraes anular a nomeação de Alexandre Ramagem, diretor da Abin, para o a direção da PF. A indicação foi suspensa após o ex-ministro da Justiça Sergio Moro declarar que Bolsonaro queria interferir politicamente na PF, nomeando Ramagem.

Rolando Alexandre de Souza é muito próximo de Ramagem. O novo diretor-geral da PF é visto como uma espécie de “braço direito” do chefe da Abin, que o indicou para o cargo. As informações são da VEJA.com.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.