Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

COVID-19: ‘Não é uma questão de Justiça, mas de saúde’, diz Bolsonaro sobre vacina

Por Fred Lima

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou nesta segunda-feira (26) a judicialização sobre a obrigatoriedddade da vacinação contra o novo coronavírus. Três ações foram impetradas no Supremo Tribunal Federal (STF) durante a semana passada, questionando a competência para impor vacinação contra a Covid-19 e para que o Executivo seja obrigado a comprar as vacinas e medicamentos que forem aprovados pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Vários partidos políticos recorreram à Justiça após o chefe do Planalto afirmar que a vacinação não será obrigatória e que o Brasil não vai adquirir a CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan.

Temos uma jornada pela frente onde parece que foi judicializada essa questão. E eu entendo que isso não é uma questão de Justiça, isso é questão de saúde acima de tudo, não pode um juiz decidir se você vai ou não tomar vacina. O que a gente tem que fazer aqui é não querer correr, não querer atropelar, não querer comprar dessa ou daquela sem nenhuma comprovação ainda.

Jair Bolsonaro

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.