Foto: Séfgio Lima/Poder360

Bolsonaro ironiza após Ucrânia colocar Lula em lista de pregadores de desinformação sobre a guerra

Por Sabrina Santos

Nesta terça-feira (26), o presidente Jair Bolsonaro (PL) ironizou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) após ele ter sido incluso pelo governo ucraniano em uma lista de pessoas acusadas de divulgar informações consideradas como propaganda russa durante a guerra entre os dois países.

A lista foi divulgada em 14 de julho pelo Centro de Combate à Desinformação da Ucrânia, órgão governamental criado para contestar informações divulgadas pela Rússia. O documento contém 78 personalidades de vários países e as frases consideradas pró-Rússia pelo governo ucraniano.

Você viu a Ucrânia botando o Lula no rol dos pregadores da desinformação sobre a guerra? Não é por causa de tomar cerveja para resolver o conflito, não. É outro problema. E acusam ele de estar à frente da NOM (Nova Ordem Mundial). Quer dizer, o pessoal vai entendendo a realidade.

Jair Bolsonaro, presidente da República

Da Redação

Sabrina Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.