NAS ENTRELINHAS: Ao afirmar que o seu governo não vai derrubar casas estabelecidas, Ibaneis exorciza de vez o espírito brunista da gestão passada

Foto: Reprodução

Por Fred Lima

Ao lançar a sexta edição do programa Sejus Mais Perto do Cidadão neste sábado (17), em São Sebastião, o governador Ibaneis Rocha (MDB) afirmou que o seu governo não vai “derrubar a casa de quem está com a moradia estabelecida”. Tal garantia é uma ruptura com o modelo anterior da administração Rodrigo Rollemberg, que demoliu diversas casas consolidadas sob a presidência de Bruna Pinheiro, da extinta AGEFIS.

O chefe do Palácio do Buriti sinalizou que o GDF vai trabalhar mais de forma preventiva, evitando, com isso, o crescimento desordenado. “Não serão admitidas novas invasões. E que fique bem claro isso”, concluiu Ibaneis.

No governo passado, a atuação repreensiva era o mote da gestão fundiária. Com carta branca dada pelo então governador Rollemberg, Bruna agia de forma obsessiva, esquecendo de que um bom gestor da área de fiscalização deve fortalecer, principalmente, as políticas de prevenção contra novas invasões, não as de derrubadas.

Durante a campanha eleitoral, Ibaneis já indicava que, caso fosse eleito, a AGEFIS ia trabalhar mais na prevenção do crescimento desordenado, dando um tom humanístico às ações do órgão, sem a atuação questionável de até então.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.