Capelania é fundamental para evitar suicídio de PMs, afirma comandante geral da tropa; ouça

Por Fred Lima

Em entrevista coletiva concedida à Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno (ABBP) nessa terça-feira (15/10), o comandante geral da Polícia Militar do DF, Julian Rocha Pontes, falou sobre o papel da PM e os principais projetos de sua recém-gestão à frente da corporação. Julian assumiu a PMDF no dia 30/8, após a saída da coronel Sheyla Soares Sampaio do cargo.

Perguntado sobre a importância da capelania para a corporação, o comandante ressaltou o papel da seção que é responsável por prestar assistência religiosa e espiritual aos militares. “Hoje, a capelania é subordinada ao Departamento de Saúde e Atenção ao Pessoal (DSAP). Muitas vezes, quem está desesperado pode até não acreditar em Deus, mas se sente bem com um abraço, uma palavra de carinho e um ombro amigo. A capelania, além de levar a Palavra de Deus, dá essa atenção”, ressaltou.

Em 2018, sete agentes da PMDF, entre membros da ativa e da reserva, tiraram as próprias vidas. O número representa um crescimento de 75% em relação a 2017, quando dois policiais recorreram ao autoextermínio. “O suicídio de policiais militares é algo que traz bastante preocupação ao país inteiro. Os estados têm que olhar com muito cuidado para o adoecimento de suas forças policiais. A capelania é fundamental para mudar essa realidade e é por isso que ela faz parte do DSAP”, concluiu.   

Ouça a entrevista na íntegra:

Da Redação

1 thought on “Capelania é fundamental para evitar suicídio de PMs, afirma comandante geral da tropa; ouça

  1. Capelania e uma instituição de alta relevância na sociedade em todos sentidos espiritual para glória de Deus.

    Graça e paz
    Capelão Nelson Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.