Dimunui número de mortes no trânsito do DF

Por Fred Lima

Programa Brasília Vida Segura, integrado por órgãos e secretarias do governo do DF, faz da capital uma das cidades com melhores resultados em redução de acidentes no trânsito.

No início do programa, em 2017, o patamar de mortes no trânsito caiu abaixo de 300, com 254 ocorrências em acidentes. Em 2018 foram registradas 279, número que, em 2019, caiu ainda mais, chegando a 247 até o final de novembro. A meta do governo é encerrar 2020 abaixo de 250. “Pequenas ações, como mudar o ponto de retorno, já ajudam a evitar que acidentes se repitam”, afirma o secretário de Transporte e Mobilidade do DF, Valter Casemiro.

Como funciona

O Brasília Vida Segura é um programa executado pelo GDF com foco na atuação da engenharia e segurança viárias. Amparado por pesquisas e estudos acadêmicos científicos, o programa faz parte de uma iniciativa global com base na cooperação entre os setores público e privado.

O método do programa é aplicado em seis passos. Primeiro, faz-se uma análise dos dados, identificando as vias e rodovias com maior registro de acidentes com óbitos. Em seguida, é apontado o perfil das ocorrências, se envolvem condutores ou pedestres. O próximo passo é fazer uma visita aos locais para identificar a causa da frequência de acidentes.

Um plano de ação é, então, elaborado com programas e projetos que na sequência serão executados. Tudo é acompanhado pelos órgãos e secretarias do GDF envolvidos no Brasília Vida Segura. O último passo é controlar os resultados dos passos anteriores, o que é feito pela comissão de segurança viária.

Da Redação/Com informações da Agência Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.