Foto: Reprodução

Liminar que proibia GDF de reabrir comércio e escolas é suspensa

Com o ato, o Buriti pode decretar a reabertura.

Por Fred Lima

A decisão do juiz Daniel Carnachioni, que determinava ao Governo do DF a suspensão do decreto que permitia a reabertura de academias e salões de beleza e que estipulava datas para a retomada de bares, restaurantes e escolas, foi suspensa nesta quinta-feira (9) pelo desembargador Eustáquio de Castro, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT).

Com a determinação do magistrado, o governador Ibaneis Rocha (MDB) pode retomar a flexibilização do isolamento de acordo com o cronograma inicial.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.