Foto: Reprodução

COVID-19: Se houver segunda onda, governo pagará auxílio emergencial, afirma Guedes

Por Fred Lima

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira (12) que o Governo Federal vem se preparando para conceder o auxílio emergencial aos brasileiros, caso ocorrá uma segunda onda de contaminação do coronavírus no território brasileiro.

Se houver uma segunda onda, não é uma possibilidade, é uma certeza. Estamos retirando os estímulos, de R$ 600 [valor inicial das parcelas do auxílio] baixa pra R$ 300 [auxílio emergencial residual] e depois aterriza ali na frente numa versão Renda Brasil ou na própria Bolsa Família. Temos as duas possibilidades, é uma escolha política

Paulo Guedes, ministro da Economia

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.