Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

METRÔ–DF: com a privatização, GDF planeja economizar R$ 130 milhões

Por Gabriela Gallo

O secretário de Mobilidade do DF, Valter Cassimiro, afirmou nesta sexta-feira (4) que as iniciativas para a privatização do Metrô do Distrito Federal estão sendo providenciadas. Segundo Valter, a proposta é que o custo chegue a, no máximo, R$ 170 milhões por ano, visto que hoje ele custa em torno de R$ 300 milhões anuais. Foram realizadas audiências públicas e estudos com as contribuições, mas ainda falta o projeto passar pelo Tribunal de Contas do DF (TCDF). “Provavelmente, no início do ano que vem vamos fazer a licitação do Metrô”, disse o secretário.

A proposta de Cassimiro é “aumentar a capacidade, diminuir o tempo entre um trem e outro e [teremos] um sistema de segurança mais eficiente”.

Em entrevista concedida ao Blog do Fred Lima em 2019, remanescente ao portal Lupa Política, o planejamento era dobrar o número de trens, aumentando a disponibilidade, especialmente no horário de pico. Agora, além dessas medidas, ele alega que os carros dos vagões serão modernos e com ar condicionado.

Além disso, o projeto, a cargo do governo, pretende expandir as linhas Samambaia e Ceilândia.

Não há previsão para região norte do DF.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.