Foto: Reprodução

TCU veta pedido de anulação de eleições da CNC de 2018

Carol Castro

Em plenário realizado na tarde desta quinta-feira (10) no Tribunal de Contas da União (TCU), o pedido de anulação das eleições para a diretoria e o conselho fiscal da Confederação Nacional do Comércio (CNC), de autoria de Aldemir Santana, ex-presidente do Sistema Fecomércio do Distrito Federal, foi rejeitado após conquistar apenas 4 dos 28 votos possíveis para aprovação no conselho.

Durante o processo, a CNC demonstrou que o papel constitucional do TCU é apenas o de controle externo, voltado para a fiscalização da aplicação de recursos públicos federais, levando Santana a abandonar o projeto, renunciando, inclusive, à presidência da Fecomércio-DF.

Não vou analisar aqui os fatores e circunstâncias que levaram à inviabilização de minhas propostas para a CNC. Mas esperava poder realizar um processo de mudanças significativas também no nosso Sistema Fecomércio no Distrito Federal. (…) Por isso anuncio que estou, neste momento, renunciando irreversivelmente aos cargos que exerço no Sistema Fecomércio

Aldemir Santana, ex-presidente da Fecomércio-DF

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.