Foto: José Cruz/Agência Brasil

Maia defende cancelamento do recesso parlamentar para votar propostas de combate à pandemia e ajuste fiscal

Por Sabrina Santos

Na manhã desta segunda-feira (14), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a convocação do Congresso em janeiro para a votação de propostas relacionadas à pandemia e ajuste fiscal. De acordo com Maia, há projetos prioritários que exigem atenção, como a PEC Emergencial, o projeto de lei que libera verbas de fundos públicos para enfrentamento da pandemia do Covid-19 (PLP 137/20).

A aprovação da proposta da PEC Emergencial é fundamental para controlar o aumento da dívida pública, com medidas permanentes e emergenciais para conter o crescimento das despesas obrigatórias e de reequilíbrio fiscal. As propostas são referentes à vacinação e ao texto que faz parte da reforma tributária e estabelece a Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS).

Sou a favor que o Congresso trabalhe em janeiro para aprovar, principalmente, a PEC emergencial. Não há outra solução, já que o decreto de calamidade não será prorrogado

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.