Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Queiroga diz que não vai decretar fim da pandemia ‘sozinho’

Por Sabrina Santos

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta sexta-feira (18) que não vai decretar o fim da pandemia da Covid-19 sozinho. Segundo o ministro, ele vai ouvir as secretarias de Saúde e outros ministérios antes de tomar qualquer decisão.

Queiroga ainda avaliou que “a pandemia está sob controle” em muitas partes do país e atribuiu a desaceleração da disseminação da doença ao aumento da aplicação de vacinas. Segundo o titular da pasta, os imunizantes foram “fundamentais” para o controle do vírus.

Nós rumamos para pôr fim a essa emergência sanitária. É uma prerrogativa do ministro (da Saúde), por meio de um ato, porque assim a lei determina. Mas o ministro não vai tomar essa decisão, sozinho, vai tomar essa decisão ouvindo as Secretarias Estaduais de Saúde, outros ministérios, outros Poderes, para que transmitamos segurança a nossa população.

Marcelo Queiroga, ministro da Saúde

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.