Foto: Evaristo Sa/AFP

‘Presidente pediu prudência’, diz Queiroga sobre encerramento de emergência sanitária da Covid-19

Por Sabrina Santos

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta segunda-feira (4) que o presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu  “prudência” no encerramento do estado de emergência sanitária pela Covid-19 no país. De acordo com o titular da pasta, Bolsonaro não quer que nenhuma política pública seja interrompida.

Queiroga ressaltou que para decretar o fim do estado de emergência depende de questões relacionadas à situação epidemiológica, queda dos casos e óbitos, além de avaliação da capacidade de atendimento nos sistemas de saúde. O cardiologista ainda reforçou que é preciso criar regras para preservar as políticas públicas atuais.

O presidente pediu prudência. Ele não quer que nenhuma política pública seja interrompida. Temos condições que são importantes para que as medidas restritivas possam ser flexibilizadas e já, em um curto espaço de tempo, se encerrar a emergência sanitária de importância nacional.

Marcelo Queiroga, ministro da Saúde

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.