Hermeto entre a cruz e a espada

Foto: Reprodução

Por Fred Lima

Subtenente da reserva da Polícia Militar, o deputado distrital João Hermeto (MDB) obteve uma cadeira na Câmara Legislativa do DF com a promessa de representar o segmento dos policiais militares da capital, onde foi bastante votado. Em pouco mais de um mês de mandato, o parlamentar trocou o PHS pelo MDB a convite do governador Ibaneis Rocha.  A mudança só foi possível porque o partido pelo qual o distrital foi eleito não conseguiu atingir a cláusula de barreira.

Acontece que o Governo do Distrito Federal anunciou nesta segunda-feira (1) que pretende acabar com a licença especial de militares no DF, que garante o direito a seis meses de afastamento remunerado a cada 10 anos de trabalho, valendo também à categoria de bombeiros. Segundo o Palácio do Buriti, a medida tem como objetivo sanear as contas públicas.

Se o GDF levar adiante a proposta, Hermeto ficará entre a cruz e a espada. Se for contra, talvez não haja mais espaço para ele na base do governo. Se apoiar a medida, não vai mais obter votos entre os militares, o que comprometerá a sua possível reeleição ao cargo em 2022.

A via crúcis de João Hermeto remete ao destino dos apóstolos Pedro e Paulo. O primeiro foi pregado em uma cruz de cabeça para baixo, enquanto o segundo teve a cabeça cortada por uma espada.

Com a palavra, o deputado.

Da Redação

1 thought on “Hermeto entre a cruz e a espada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.