FEMINICÍDIO: Homem é preso suspeito de matar ex-mulher na frente da filha, em Valparaíso de Goiás

Em depoimento, homem disse que disparo foi acidental. Com ele foi encontrada uma arma.

Um homem de 34 anos foi preso suspeito de matar a ex-mulher com um tiro na frente da filha dentro de casa, em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Em depoimento à polícia, Francisco Nascimento Sousa disse que o disparo foi acidental e aconteceu após uma discussão entre eles.

Paolla Cristiny da Silva Correira, de 31 anos, foi baleada no abdômen no condomínio em que ela morava. Os dois tiveram um relacionamento por 15 anos e tiveram duas filhas. A mulher, que morava em Santa Maria, se mudou há um mês para o município goiano para tentar recomeçar a vida longe do ex-marido.

Segundo a família da vítima, o relacionamento entre eles sempre foi conturbado e nesta manhã, ele foi novamente atrás de Paolla, quando brigaram.

“Inicialmente ele tentou tirar um pouco de responsabilidade dele, dizendo que a esposa teria pegado a arma de fogo, feito um disparo dentro de casa e que, ao pegar a arma, dela, houve um disparo acidental. Mas a gente já identificou que isso não é verdade e que ele é o autor desse feminicídio”, disse o delegado Rafael Pareja.

O G1 não conseguiu localizar a defesa do suspeito até a última atualização dessa matéria.

Francisco Nascimento foi preso em flagrante pela Polícia Militar após uma das filhas fugir da casa e pedir ajuda. “A arma de fogo foi localizada por uma intervenção rápida da PM que conseguiu prender o elemento e a arma de fogo. Então, nesse momento, ele está sendo autuado em flagrante por feminicídio e será encaminhado para o presídio de Valparaíso”, completou o delegado. As informações são do G1.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.