Foto: Reprodução

Caiado e Ibaneis apoiam Pábio em Valparaíso. Falta agora Marconi sair do “esconderijo” e declarar apoio à afilhada Leda

Por Fred Lima

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), vai declarar amanhã (10), a partir das 13h30, no bairro Céu Azul, apoio à reeleição do prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró (MDB). A adesão de Caiado à candidatura do emedebista era tudo o que a principal oponente do gestor municipal, Lêda Borges (PSDB), não queria. Com o governador em sua campanha, Pábio agora conta com uma base ampla, o que inclui o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, seu correligionário.

Diferentemente de 2008 e 2012, quando disputou a prefeitura, bem como de 2014 e 2018, pleitos em que foi eleita e reeleita deputada estadual, respectivamente, Lêda não contará com a máquina do estado a seu favor. Pelo contrário, desta vez terá que enfrentar a mesma conjuntura de seus adversários em eleições passadas.

Na Assembleia Legislativa de Goiás, a tucana é uma feroz opositora ao governador. Nos bastidores, Caiado nunca escondeu que não suporta sequer ouvir o nome da parlamentar, que é pupila do ex-governador Marconi Perillo, preso na Operação Cash Delivery.

Durante o lançamento de sua candidatura à prefeitura, em nenhum momento Lêda mencionou o nome de Marconi, uma forma de tentar se desvincular de sua imagem negativa. Porém, nos bastidores, o ex-governador é quem dá as cartas na campanha da deputada.

Seria inimaginável um governo Lêda Borges com Ronaldo Caiado no Palácio das Esmeraldas e Ibaneis Rocha no Palácio do Buriti. Um dos grandes entusiastas da candidatura da tucana é o senador Izalci Lucas (PSDB-DF), que já está em pré-campanha para o GDF contra o atual governador da capital do país.

Lêda governaria Valparaíso isolada dos governos de Goiás e do DF, prejudicando parcerias e investimentos na região, visto ser oponente dos dois governadores.

Com a palavra, Marconi Perillo.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.