Foto: Reprodução

Ping Pong com a deputada federal Flávia Arruda

Por Amanda Escorsin

Eleita a deputada federal mais votada do DF na eleição passada, a ex-primeira-dama da capital, Flávia Arruda (PL), mostrou que o arrudismo continua forte e popular entre o brasiliense.

Em conversa com o Lupa Política, Flávia fala sobre o projeto mais importante de sua autoria, como avalia o governo Ibaneis Rocha e qual caminho vai trilhar daqui dois anos. Confira:

Qual foi o projeto que considera mais importante apresentado este ano?

Sem dúvidas, o que tenho muito orgulho é de, em apenas um ano e meio de mandato, ter a minha primeira lei sancionada. A Lei n° 14029 resgatou R$ 1,5 bilhão e retornou esse valor para a assistência social do DF e todos os municípios do país. Recurso essencial neste momento de pandemia, aplicado em compra de cestas básicas, cobertores, construção de abrigos, reforço no atendimento dos mais vulneráveis. Ainda no Congresso estive a frente da luta pelo auxílio emergencial. A crise pela qual passamos não é apenas da saúde, mas também social e atinge de forma mais dura aqueles que já enfrentavam dificuldade.

O governo Arruda é lembrado pela população por ter organizado a cidade administrativamente. Como avalia o trabalho do atual governador?

A atual gestão herdou um DF com muitos desafios e ainda fomos surpreendidos por uma pandemia. Há muito o que fazer, mas eu tenho com o governador Ibaneis uma parceria em todos os projetos que possam contribuir com a nossa cidade. Como deputada federal e coordenadora da bancada, esse diálogo é essencial.

A senhora será candidata à reeleição em 2022 ou pretende disputar outro cargo?

Seria precipitado e irresponsável definir nesse momento o que acontecerá em 2022 enquanto temos que vencer uma pandemia, uma crise sem precedentes que não é só sanitária, mas social. Eu tenho muito claro o meu dever nesse momento que é de exercer plenamente meu mandato e continuar fazendo com que ele traga resultado para a vida das pessoas.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.