NAS ENTRELINHAS: Rollemberg critica e Ibaneis acerta o seu calcanhar de Aquiles

Por Fred Lima

Nesta semana, tivemos a volta dos mortos vivos. Após deixar o Palácio do Buriti pelas portas do fundo, o ex-governador Rodrigo Rollemberg (PSB) se tornou comentarista de política, como se não tivesse nada a ver com o que está aí. O socialista, de fato, recebeu uma herança maldita do governo Agnelo Queiroz (PT), mas também deixou um legado pífio ao seu sucessor, o governador Ibaneis Rocha (MDB).

Quatro secretários de Saúde foram anunciados pelo ex-governador, uma clara demonstração das trapalhadas sem fim na área, além da falta de planejamento. Pode-se dizer que a saúde foi o ponto mais vulnerável de Rodrigo. Não é à toa que Ibaneis decretou estado de emergência no setor ao tomar posse.

Hoje (17/10), na inauguração da reforma da Sala Vermelha do Hospital Regional de Santa Maria, o chefe do Buriti aproveitou a solenidade para devolver a crítica que recebeu de Rollemberg: “Nos governos passados, especialmente no último, foi desmontada a saúde do DF”, disparou.

A flecha do governador acertou em cheio o calcanhar de seu antecessor, como ocorreu na mitologia grega, onde um dardo envenenado lançado por Páris acabou derrubando Aquiles.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.