Após críticas de Bolsonaro, presidente da Petrobras pede demissão

Por Sabrina Santos

Nesta segunda-feira (20), o presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, renunciou ao cargo. A estatal confirmou a informação por meio de um comunicado. José Mauro Coelho foi o terceiro executivo a comandar a estatal na gestão do presidente Jair Bolsonaro (PL).

O diretor executivo de Exploração e Produção da Petrobras, Fernando Borges, foi nomeado pelo Conselho de Administração como novo presidente interativo até a eleição e posse do novo comandante da empresa.

A saída de Coelho ocorre após uma escalada de críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PL), devido ao aumento dos combustíveis na última sexta-feira (17).

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.