Nadando no mar morto

Foto: Reprodução

Por Carlos Augusto Pinto

O chamado mar morto fica entre Israel e Jordânia e sofre com o aparecimento de crateras na principal estrada que liga os dois países. Alto risco de isolamento, um desastre para o turismo da região. Luiz Inácio Lula da Silva vive algo parecido na sua decadente história pública, levado pelo seu astuto advogado, Cristiano Zanin Martins a uma condição de coitadinho. Um idoso, um presidiário, complacente com os crimes financeiros ocorridos debaixo do seu nariz.

Passando o tempo em seu escritório montado em uma sala na sede da Polícia Federal em Curitiba, Lula e seus devotos acampados perto da sede da PF aguardam por um milagre: que ele não tome mais uma traulitada por conta do triplex do Guarujá, que ele não comprou, não alugou e nem pediu para ninguém ampliar e reformar, mas as provas jurídicas revelam o contrário.

Enquanto isso, Lula da Silva assiste aumentar o diâmetro da cratera que o separa da liberdade. Agradeça ao Dr. Cristiano Zanin, que é o colecionador de derrotas mais bem remunerado da história do Judiciário brasileiro, defensor daquele que se considera o brasileiro “mais honesto” da República. Não ganha uma nos tribunais, mas sua conta bancária não para de crescer. Nem com as manobras jurídicas do ministro Gilmar Mendes, o boquirroto, Cristiano consegue livrar o ex-presidente da cadeia. São só 450 dias ou algo próximo. 

O mantra “Lula Livre” já encheu o saco.

COLUNISTA

Carlos Augusto Teixeira Pinto é carioca, vascaíno, de Vila Isabel, passou pelo Instituto de Letras e Ciências e fez estágio nos extintos Gazeta de Notícias e Jornal dos Sports, ambos do Rio de Janeiro. Foi produtor de rádio e TV no Rio e debatedor na Rádio Globo de São Paulo. Repórter especial nas rádios Nacional e Tupi do Rio. Repórter nas revistas Manchete e Fatos, além da Ele & Ela, revista masculina, concorrente da Playboy. Foi também correspondente da Editora Bloch em Recife. Trabalhou na Ultima Hora do Rio e Brasília, além do Jornal de Brasília e na Radiobrás. Repórter político por mais de vinte anos cobrindo Congresso e Planalto. E outros mais.

*Os artigos assinados serão de responsabilidade exclusiva de seu autor, não refletindo, necessariamente, a opinião do Blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.